TikTok Marketing: tudo o que você precisa saber para se destacar!

Publicado em 09/08/2020 às 23h40

Quantas redes sociais você já viu nascer que logo floparam? O social media já está calejado… Mas tem uma que chegou recentemente por aí e parece que veio para ficar: o TikTok. Dessa vez, a coisa é séria!
Ok, séria não, porque o que mais tem no TikTok é conteúdo divertido! Nos vídeos curtos da rede social, criadores de conteúdo — anônimos e famosos — encontraram um ambiente propício para a criatividade.

O fenômeno está claro nos números do app:

  • são mais de 800 milhões de usuários mensais ativos, pouco atrás do Instagram;
  • os usuários passam 45 minutos por dia, em média, no TikTok;
  • são mais de 2 bilhões de downloads do app;
  • o app saltou do 269º para o 4º lugar no ranking mundial de downloads em 2019.

O crescimento é tanto que já está incomodando. Para competir com o TikTok, o Instagram já lançou o recurso Reels e o YouTube está estudando um novo formato para os seus vídeos.
As empresas também já estão de olho nesse sucesso: se a rede social já conquistou as pessoas, é a vez das marcas aproveitarem o hype e explorarem todo o potencial do TikTok Marketing.

Agora, entenda melhor como o TikTok está se abrindo para as marcas e como elas podem explorar os recursos para se aproximar do público. Vem com a gente!

O que é o TikTok For Business?

TikTok For Business é a plataforma da rede social que reúne as ofertas de marketing para marcas e anunciantes. Lançada em junho de 2020, a plataforma evidencia a intenção do TikTok de incentivar a presença das marcas, a fim de monetizar a rede social.

O TikTok oferece soluções exclusivas para quem tem uma conta Pro, que pode ser Business/Corporativo ou Creator/Criador. As empresas devem ter uma conta Business para poder criar anúncios, analisar dados de desempenho e incluir botões de site e e-mail no perfil.

Mas a rede social já deixa bem claro o que espera das empresas: “Don’t make Ads, make TikToks” (não faça anúncios, faça TikToks). A frase, que se vê logo de cara no site do TikTok For Business, informa que no app não é lugar de panfletar.

Se as marcas querem estar lá, devem criar conteúdos que falem a língua dos TikTokers, que acompanhem as tendências, engajem os usuários e se conectem com os seus interesses.

Por que as marcas devem marcar presença no TikTok?

O app ainda é um fenômeno recente. Enquanto as opções de publicidade engatinham, as marcas ainda estão testando conteúdos, conhecendo a audiência e aprendendo o que funciona ou não. Primeiramente, entenda que cada rede social tem suas particularidades, a começar pelo público. A rede social informa que 69% dos usuários ativos têm entre 16 e 24 anos (Geração Z), apenas 25% tem 25 anos ou mais e 60% são mulheres. Então, antes de investir no TikTok, vale a pena refletir se a sua marca tem afinidade com o perfil da rede social.

Se tiver tudo a ver, saiba que você pode ter resultados surpreendentes. Com um conteúdo criativo e envolvente, o TikTok tem um alto poder de viralização. Os posts de maior sucesso ainda extrapolam o app e ganham alcance também nas outras redes sociais. As marcas também se beneficiam da experiência que o app oferece ao usuário. No feed, além de receber posts de perfis que segue, o usuário também vê posts sugeridos com base nos seus interesses e interações. Isso incentiva a descoberta de novos conteúdos e aumenta as chances de que os seus vídeos encontrem quem se interesse por eles.

Um estudo do Influencer Marketing Hub comprovou o poder do TikTok: a rede social teve o maior engajamento quando comparado ao Instagram e Twitter. Dá para ver que o TikTok não está para brincadeira, não é?

Como o algoritmo do TikTok funciona?

O feed “Para Você” (ou For You) do TikTok é o seu grande trunfo. Ali estão os melhores vídeos sugeridos pela plataforma a cada usuário. Mas como eles acertam em cheio nos interesses da pessoa? É o que vamos explicar agora.
O TikTok recomenda esses vídeos baseado em uma combinação de fatores que formam o seu algoritmo. Esses fatores incluem:

  • interações do usuário (vídeos que ele curtiu, comentou ou compartilhou, perfis que segue, conteúdos que cria etc.);
  • informações do vídeo (legendas, músicas, efeitos, hashtags etc.);
  • configurações da conta (idioma, país, dispositivo etc.).

Esses fatores recebem pesos diferentes. Por exemplo, o tipo de dispositivo é usado para sugerir vídeos que tenham melhor performance, mas o fato do usuário ter assistido a um vídeo longo do início ao fim pesa muito mais que o dispositivo utilizado. O TikTok esclarece também que o número de seguidores e o desempenho de vídeos anteriores não são fatores diretos do algoritmo.

A combinação do algoritmo, então, permite criar um feed totalmente personalizado. O usuário ainda pode ajudar a refinar essa personalização ao informar suas categorias de interesse, navegar pelo app e reportar conteúdos que não são interessantes.

Para as marcas que querem aumentar as chances de aparecer na aba “Para Você”, podem devem usar algumas boas práticas da rede, como:

  • inserir hashtags que estão em alta (que façam sentido no post!);
  • adicionar uma legenda curta que incentive comentários;
  • usar músicas e sons que estão em alta;
  • publicar quando os seguidores estão ativos (análises da conta Pro).

Mas vale reforçar que nada disso tem efeito se você não tem um vídeo envolvente. Então, foco no conteúdo!

TikTok Marketing: como desenvolver estratégias de sucesso?

Já que o app entrou para valer no mercado. Então, confira algumas dicas de como desenvolver estratégias de marketing no TikTok, seja com posts orgânicos ou com anúncios pagos. Confira:

1. Crie conteúdo original

O primeiro passo para fazer sucesso no TikTok é ter uma boa estratégia de conteúdo. Não pense que basta replicar o que a marca já publica no Instagram ou no Facebook. O TikTok tem um público e um tipo de conteúdo bastante específicos. Por isso, os vídeos precisam ser originais para ter fit com a rede social.

Além disso, autenticidade é imprescindível: as pessoas se engajam mais com o que é real. Quem produz vídeos para o TikTok não precisa entregar algo perfeito, mas que faça rir e mexa com as emoções. Então, esqueça um pouco as “super produções” e abrace a imperfeição. Isso ajuda a marca a ser mais autêntica e ter mais agilidade para seguir as tendências no timing certo.
Veja agora os principais tipos de conteúdo que fazem sucesso no TikTok e alguns exemplos para você se inspirar!

Vídeos musicais

Os TikTokers adoram uma música e uma dancinha. Por isso, vídeos musicais fazem bastante sucesso. Você pode botar sua equipe para dançar ou dublar, que tal?

Duetos

Duetos são vídeos em que um usuário interage com o outro, lado a lado na tela, usando a mesma música. Você pode fazer duetos com vídeos dos usuários ou convidá-los a fazer duetos com seus vídeos.

Clipes cômicos

TikTok é lugar para dar risada. Então, crie clipes engraçados e entre na brincadeira. Não tenha medo de fazer piada com a sua própria marca!

Efeitos visuais

Sobreposições, efeitos de transição, filtros, velocidade da reprodução — tudo isso pode ser usado com criatividade para deixar os vídeos mais interessantes.

Efeitos sonoros

O TikTok oferece uma extensa biblioteca de músicas e sons com os quais os usuários gostam de brincar.

Desafios de hashtags

Os desafios de hashtags incentivam as pessoas a criarem vídeos sobre algum assunto indicado por uma hashtag. Sua marca pode propor um desafio ou participar de algum que esteja em alta.

Vídeos educativos

De receitas de bolo até aulas de matemática, dá para aprender muita coisa no TikTok! Aqui a sua marca tem uma grande oportunidade de ensinar truques e curiosidades sobre a sua área de atuação.

2. Aposte no trabalho com Influenciadores Digitais

Os influencers estão com tudo no TikTok! Muitos influenciadores já conhecidos, encontram por lá um ambiente mais autêntico que em outras redes sociais, como YouTube e Instagram, onde o conteúdo tem se tornado mais profissional e, muitas vezes, distante do público.

Mas também existem muitos digitais influencers surgindo na própria rede, que propicia o sucesso de anônimos. De olho nisso, as marcas podem fazer parcerias com eles para também aproveitar essa proximidade com o público e aumentar o seu alcance.

Mas, antes de escolher com quem fazer parceria, trace uma estratégia com objetivos e metas, para saber como essa ação vai servir para o marketing. Você também precisa avaliar se o público do influenciador tem afinidade com o perfil dos consumidores da marca.

A Guess tem um case bacana de marketing de influência no TikTok, que aproveita bem o poder dos influenciadores e os recursos do app. A marca de jeans lançou o desafio #InMyDenim para que os usuários publicassem a transformação visual com os produtos da marca. Então, influenciadores foram convidados para dar o start na campanha.

Os vídeos com a hashtag alcançaram mais de 50 milhões de visualizações e ajudaram a Guess a reposicionar sua marca junto ao público jovem.

3. Promova o conteúdo gerado pelos usuários – UGC

O conteúdo gerado pelos usuários (UGC) tem muito valor para as marcas. Nas redes sociais, elas não podem ignorar o que os seguidores falam — é preciso ter uma comunicação de mão dupla para que os usuários se sintam valorizados e abraçados pelas marcas que admiram.

No TikTok, isso é ainda mais importante, pois estamos falando de um público jovem, que quer visibilidade e deseja um reconhecimento. Então, explore o UGC no TikTok Marketing.

Para colocar em prática, você precisa monitorar a atividade dos seguidores, as hashtags e menções relacionadas à sua marca. Quando encontrar um vídeo interessante, você pode curtir, comentar, compartilhar e até replicar no seu perfil.

A Chipotle, por exemplo, deixou um seguidor maravilhado com um simples comentário no vídeo em que ele usa o produto da marca.

4. Encontre criadores de conteúdo para a marca no Marketplace

O TikTok sabe muito bem a importância dos criadores de conteúdo. Afinal, foram eles que fizeram a fama da rede social. Em reconhecimento a eles, o TikTok até já anunciou a criação de um fundo para recompensá-los financeiramente.

Além disso, a rede social oferece um Marketplace de Criadores. Nesse site, você pode encontrar influenciadores que atendam aos requisitos das suas campanhas, com base nos dados de localização, audiência, crescimento, performance, entre outros.

A intenção é estimular tanto o trabalho dos criadores quanto a presença das marcas na rede.

5. Faça anúncios no TikTok

Criar anúncios no TikTok já é uma realidade. Só que ainda não no Brasil. A plataforma Ads Manager foi lançada nos Estados Unidos, mas vários países ainda não receberam a novidade. Por enquanto, vale a pena conhecer os formatos e recursos para anunciantes que a plataforma oferece, que permitem criar conteúdos mais envolventes e fazer uma segmentação precisa. Acompanhe:

Formatos de anúncios

O TikTok atualmente oferece 5 formatos de anúncio, confira cada um deles:

  1. TopView: é um anúncio de até 60 segundos em auto-play e full-screen, exibido logo que o usuário acessa o app.
  2. Brand Takeover: é um anúncio de 3 a 5 segundos em auto-play e full-screen, com mídia estática ou dinâmica.
  3. In-Feed Ads: é um anúncio de até 60 segundos em auto-play e full-screen, exibido no feed “Para Você”, com o qual os usuários podem interagir.
  4. Branded Hashtag Challenge: é um desafio de hashtag que dura de 3 a 6 dias. A campanha convida os usuários a criarem conteúdo com a hashtag escolhida e agrega todas as publicações marcadas.
  5. Branded Effects: são adesivos, filtros e efeitos visuais patrocinados pelo anunciante.

Segmentação do público-alvo

Para segmentar os anúncios no TikTok, você pode usar critérios de idade, gênero, localização, idioma, sistema operacional, conexão e interesses (educação, moda, games etc.). Quem já está acostumado com audiências personalizadas e públicos semelhantes (como o “lookalike”, do Facebook Ads), também pode usar esses recursos no Ads Manager do TikTok. Para isso, é preciso instalar no seu site o Pixel do TikTok, que serve para rastrear os passos dos usuários nas suas páginas.

Avaliação do desempenho dos anúncios

O Ads Manager também oferece uma ferramenta de análise de performance dos anúncios. Você pode monitorar o alcance, as interações e as conversões que o investimento está gerando e o perfil de público que está sendo alcançado. 
Pixel do TikTok também deve ser usado aqui para identificar se os usuários realizaram conversões a partir da publicidade.

Bom… Se você ainda acha que o TikTok é um app bobo de dancinhas e pegadinhas, é bom rever essa ideia. A rede social já mostrou a sua força e todo o seu potencial de marketing. Muita água ainda vai rolar e muitas funcionalidades ainda vão ser lançadas para usuários e marcas. Mas você já pode começar a produzir conteúdos e interagir com seu público por lá. Afinal, você não vai perder essa oportunidade, né?

Fonte: Mlabs, 27 de julho de 2020

Aumentar Texto
Contraste