Atenção dentista, o seu consultório é referência no seu bairro?

Publicado em 03/07/2020 às 0h07

Estratégias de otimização para buscadores são essenciais no Marketing Digital. Cada vez mais, o Google se torna um assistente para qualquer assunto, inclusive, para indicar profissionais da saúde. É neste ponto que buscas por informações sobre negócios locais estão na mira do SEO local. Mas você sabe o que é SEO Local e como usar ele a seu favor? Lembre-se: se bem posicionado nos resultados, seu consultório irá ganhar mais visibilidade e maiores chances de conquistar pacientes! 

SEO local

O SEO local é um conjunto de estratégias para melhorar o posicionamento de um consultório ou clínica por exemplo, quando os usuários pesquisam por dentistas na região. Esse tipo de otimização é focado no site da empresa, na sua página no “Google Meu Negócio” e em sua reputação nas redes sociais.  O SEO local é pensado para pesquisas que contêm um componente geográfico — e é isso que o diferencial — do SEO geral.

A localização do usuário que busca por negócios locais e a inclusão de uma região nos termos de pesquisa (como “perto de mim” ou “em São Paulo”), acionam o algoritmo de busca local e modificam a forma como o Google apresenta os resultados. Afinal, a intenção do Google sempre será a de oferecer a melhor experiência de pesquisa aos usuários. Se o usuário pesquisa por um dentista, o algoritmo irá dedicar todos os seus esforços para indicar e para oferecer os melhores resultados com a maior agilidade possível. Então, a localização do usuário entra como um fator essencial para filtrar e classificar os resultados.

Sempre falamos aqui sobre a importância de entendermos os pacientes como um todo e a sua busca por um serviço. Quando um paciente está pesquisando por um dentista próximo ao seu local de trabalho ou residência, ele está em uma etapa próxima da conversão.  Então, os resultados da busca devem embasar a tomada de decisão e incentivar a ação: estes prováveis pacientes podem querer ligar para seu consultório, ler avaliações de outros pacientes, analisar suas redes sociais, ver algumas fotos do consultório e até mesmo, saber como chegar até você.

Rankeamento do SEO local

Quando um usuário pesquisa por “dentistas em Santana”, por exemplo, ele vê uma página como essa: inicialmente, o Google apresenta uma lista de empresas e as suas localizações, a partir do seu cadastro no “Google Meu Negócio” ou no “Google Maps”. Esses três primeiros resultados são chamados de Local Pack (ou 3-Local Pack). Ao clicar em “Mais lugares”, o usuário é direcionado para o chamado “Local Finder”, com a lista completa de empresas que atendem à busca.

Logo abaixo, o Google mostra os links orgânicos, como em qualquer pesquisa no buscador. Perceba que o Local Pack e os links orgânicos apresentam listagens diferentes. Isso acontece pois, os algoritmos de busca, são específicos para cada seção e consideram diferentes fatores e regras para organizar os rankings.

As informações da empresa no Google Meu Negócio, por exemplo, são essenciais para o rankeamento no Local Pack. Porém, para a listagem orgânica, elas são secundárias, sendo que o mais importante, são os fatores de link building, SEO on page e comportamento do usuário.

Por esse motivo, alguns negócios que aparecem bem posicionados no Local Pack podem não aparecer nas primeiras posições dos resultados orgânicos. Então, é preciso fazer uma otimização completa no site e no Google Meu Negócio, para conquistar boas posições em ambas as seções. Para o rankeamento dos negócios no Local Pack e no Local Finder, o Google informa os critérios que utiliza agrupados em proximidade, destaque e relevância.
Entender cada um deles, principalmente se você presta serviços na área da saúde, é fundamental. 

Proximidade

O critério de proximidade, diz respeito à distância do negócio em relação ao usuário ou ao termo de local que ele digita na busca. O Google entende que os resultados mais relevantes para ele são aqueles mais próximos.  Se o usuário não especificar uma região nos termos de busca, o próprio Google calcula as distâncias por meio das informações de localização que possui sobre ele.

Se ele está usando um celular com GPS, por exemplo, o buscador consegue identificar por onde ele anda. Lembre-se, muito provavelmente ao te localizar, este possível paciente irá buscar informações como: um site do seu consultório otimizado para o celular ou uma rede social com autoridade digital. Caso não tenha, correrá o risco da oportunidade de um novo cliente ser perdida. 

Destaque

Destaque é o nível de popularidade de um negócio na sua região. Para avaliar esse critério, o Google analisa não apenas a popularidade da marca na web, mas também no mundo offline. A reputação da marca na internet, é medida por critérios como links e citações à marca. Eles mostram que ela é uma referência no mercado e, no caso das buscas locais, que também é bastante conhecida na sua região.

Quanto mais avaliações e classificações positivas o consultório ou clínica receber no Google Meu Negócio, mais chances tem de aparecer bem posicionada. Qual é o rating ou engajamento que seu consultório tem nas redes sociais?

Se ela tiver um bom posicionamento nos resultados orgânicos da pesquisa do Google, também significa que ela tem destaque no mercado e deve receber boas posições no Local Pack. Entende-se, portanto, que as dicas de SEO tradicional que valem para a pesquisa geral, valem também para melhorar a posição na pesquisa local.

Mas, como dissemos, o Google olha também para a popularidade no mundo físico. O buscador pode identificar, por exemplo, se seu consultório recebe muitas visitas de clientes. Nesse caso, o algoritmo entende que esse consultório é bastante conhecido e merece estar entre as primeiras opções do Local Pack.

Relevância

O critério de relevância considera a correspondência entre o negócio e o termo que o usuário pesquisou. Para isso, o Google analisa os dados da ficha da clínica/consultório no Google Meu Negócio. O nome da empresa, a categoria em que ela se classifica e as palavras-chave que são inseridas na sua descrição, são importantes fatores aqui.

Fatores de rankeamento dos links orgânicos locais

No caso do Local Pack e do Local Finder, os critérios de rankeamento focam principalmente nos dados de cadastro da clínica/consultório no Google Meu Negócio. Mas para a classificação dos resultados orgânicos, que vêm logo abaixo, o que é mais importante para o Google? Neste caso, os critérios são focados no site do consultório/clínica — e é nele que a otimização deve mirar.
Para classificar os resultados orgânicos, o Google considera os mesmos fatores de rankeamento das pesquisas em geral. Sabemos que o buscador guarda esses fatores em segredo, mas já conhecemos as boas práticas que contam positivamente na classificação, como:

  • produção de conteúdo relevante;
  • velocidade de carregamento;
  • responsividade;
  • segurança do site;
  • otimizações on page;
  • backlinks de sites de qualidade;
  • autoridade do domínio e da página.

Esses fatores são combinados ainda com a personalização dos resultados conforme a localização (do usuário ou do termo local na busca) e a relevância do site para a palavra-chave pesquisada, como acontece também no Local Pack. No entanto, os resultados orgânicos de uma busca local podem não incluir apenas sites de negócios locais.

Na busca por “consultórios em Santana”, por exemplo, podem aparecer sites de empregos em consutórios ou notícias sobre esse tipo de estabelecimento. Se a busca for simplesmente por “consultórios”, sem um termo local na palavra-chave, o Google pode trazer resultados ainda mais amplos, como a definição da palavra no Wikipedia.

Então, para que o seu consultório ou clínica apareça nos links orgânicos de uma busca local, ele precisa mostrar ao Google que é relevante para o público. E, para isso, você deve fazer um trabalho consistente de otimização do site, tanto com SEO On Page quanto com SEO Off Page. Vale lembrar que esse trabalho também tem efeito na otimização para o Local Pack.

Entenda a Jornada de compra de seu paciente 

Pense menos em tráfego e mais em resultados. Ou seja, todos estes recursos que existem são excelentes para geração de tráfego orgânico para o site. Porém, o site por si só não estimula e não é o suficiente para levar um paciente para a consulta. 

As avaliações online, o engajamento de suas redes sociais, seus posts, sua postura no meio digital, o que os outros pacientes pensam sobre você, são fundamentais para a tomada de decisão. Pense nisso! 


Conteúdo preparado com❤️ pelo time da HRI DIGITAL.

 

Aumentar Texto
Contraste